ATENDENDO AO MERCADO

Marca em São Luís aposta em alimentos veganos

Nas preparações itens são substituídos por outros que não são de origem animal como queijo, por exemplo, que é trocado pelo mandioqueijo, feito de mandioca

Ser vegetariano – regime alimentar que exclui todos os tipos de carnes-, ou  vegano – não há ingestão de nenhum tipo de alimento de origem animal – não é uma tarefa fácil, principalmente,  por não haver ainda no mercado uma variedade de produtos, que facilitem tornar esse tipo de alimentação mais variada.

Em São Luís, ainda é bem tímido o número estabelecimentos que oferecem algum tipo de prato sem ingredientes de origem animal e que se torna um motivo para quem segue o estilo de vida,  ir em busca de métodos para diversificar a alimentação e até mesmo empreender.

Vegetariana desde que nasceu Fernanda Roman, 44 anos, sempre acompanhou de perto a dificuldade da variação de opções para quem não inclui nenhum tipo de carne na dieta. Há um ano, os alimentos que ela produzia para a sua própria alimentação se tornaram também uma fonte de renda, abrindo caminho para novas oportunidades no mercado e possibilidades na gastronomia veg, ela criou então a marca Roman Alimentos Artesanais.

“Como eu já cozinho, decidi fazer produtos nessa linha. Além das pessoas terem dificuldades de preparar, tem a dificuldade de encontrar também opções no mercado em restaurantes e lanchonetes, por exemplo”, explica.

Pão recheado está na lista com cerca de 20 itens (Foto: Karlos Geromy/ O Imparcial)

Com a ampliação da cartela de clientes e a possibilidade de substituir determinados produtos de origem animal, Roman decidiu trabalhar em uma linha mais especifica e há seis meses produz apenas produtos veganos.

“Comecei a substituir o ovo e leite, por outros ingredientes, para atender os clientes veganos e intolerantes a lactose e até mesmo sem glúten.  Os veganos deram mais credibilidade, por saber que não tem risco de contaminação cruzada e aumentou o número de clientes. Produzo até mesmo o que não tem no cardápio, mas o cliente está afim de comer”, acrescenta.

A lista de receitas preparadas é extensa, são cerca de 20 itens,  uma variedade que muitas vezes não é encontrada por quem segue o estilo de vida. Os produtos variam entre: salgados veganos para festa com recheios diversos, pães recheados com abobrinha, berinjela e pizza, o mandioquejo (R$ 30kg) – feito a base da mandioca – vendido a partir de 250g e é ideal para substituir a muçarela, maionese vegana (R$ 10) – a base de leite de soja com sabor de salsa –  e hambúrgueres de 100g, que são vendidos em porções de 500g (R$ 18).  Pratos como a feijoada vegana e lasanha de berinjela, são feitos por encomenda.

Mandioqueijo e maionese (Foto: Karlos Geromy/ O Imparcial)

 

 

Veja também

Edições Impressas Confira nossas publicações Ver Mais
Mais Populares As mais visitadas do nosso site Ver Mais