VOCÊ GASTRÔ

Língua de boi: Cultura e sabor maranhense

A língua de boi da história de Catirina e Pai Francisco é um dos pratos exóticos e apreciados no Nordeste e presente na mesa de maranhenses

(Foto: Karlos Geromy/ O Imparcial)

Exótica e barata, a língua de boi é um prato muito apreciado na Região Nordeste dos pais. Frita, na brasa, assada ou cozida com molho reduzido, a iguaria está presente na cultura e é uma das principais histórias contadas durante o São João, durante as apresentações do bumba meu boi do Maranhão.

Neste período das festas juninas, Catirina e Pai Francisco entram em cena. A lenda que ronda esses dois personagens é contada de várias formas, mas todas giram em torno de Catirina, que, grávida, desejou comer a língua do boi mais bonito da fazenda do patrão. Francisco, sem escolha, abate o boi mais bonito, atendendo ao desejo da esposa.

Quando ficou sabendo que o seu boi morreu, o fazendeiro pediu ajuda aos seus vaqueiros, para prender Pai Francisco, que foge com a sua esposa. Durante a fuga, Pai Francisco tem a ideia de procurar a tribo indígena e pedir ao pajé que faça um ritual para trazer o boi de volta à vida. O ritual indígena dá certo e o boi é ressuscitado.

Pratos com a iguaria são fáceis de ser encontrados em São Luís. As churrascarias oferecem assada e no espeto, geralmente em rodízios. Alguns restaurantes de comidas caseiras oferecem a língua de boi ao molho e com legumes e outros acompanhamentos.

Tony Alcântara, do Restaurante Toque de Mestre, trabalha somente com entregas e afirma que um dos pratos mais pedidos entre os clientes é a língua de boi. O culinarista prepara o prato de várias formas para atender a todos os gostos: língua de boi recheada, assada, com macaxeira e na batata com cerveja.
“Eu comecei a preparar a língua no restaurante porque as pessoas me cobravam muito e passei a valorizar o prato e diversificar na preparação. Existem várias maneiras de fazer a língua de boi. Pode ser assada, recheada, aipim, com bata na cerveja que é a receita que mais sai.” Acrescenta.

No restaurante, a língua de boi (R$ 15) é servida com arroz tipo baião de dois e salada de acelgas e pirão feito com o caldo do preparo da receita.

Língua assada na cerveja com batatas

Ingredientes
1,5 kg de língua de boi
3 tomates maduros picados
1 cebola cortada a francesa
3 dentes de alho inteiros
4 batatas grandes
1 colher ( sopa) de tempero seco
1 colher (sopa) de corante
½ colher (sopa) de óleo
1/4 de vinagre
1 xícara de cerveja
1L de água
Sal a gosto

Modo de preparo
Cozinhe a língua por cinco minutos na pressão com um litro de água. Desligue o fogo, retire a pressão da panela e tire toda a pele grossa da língua. Descarte a água do cozimento e a pele. Na mesma panela acrescente o óleo e os demais temperos, menos a cebola e as batatas que devem ser acrescentadas no final do cozimento. Acrescente água suficiente para um novo cozimento.
Após 25 minutos retire a pressão da panela e acrescente as batatas cortadas em pedaços grandes e a cebola e deixe por mais 10 minutos. Desligue o fogo e acrescente a cerveja, sirva em seguida acompanhada com arroz baião de dois e pirão.

 

Veja também

Edições Impressas Confira nossas publicações Ver Mais
Mais Populares As mais visitadas do nosso site Ver Mais