DICA

Wave e fault line seguem sendo tendências de bolos confeitados em São Luís

Confeiteiro Pedro Ernani fala sobre suas especialidades e dá dicas para quem quer fazer a cobertura perfeita

Fault Line Cake

Ondas e linhas falhas tem causado efeitos inesperados e lindos em muitos bolos de aniversário e comemorações. Muito além do tradicional bolo de aniversário ou casamento com camadas de recheio, cobertura em glacê ou chantilly e formato quadrado ou redondo, existem tendências que tem sido duradoura e estão ganhando os clientes como o Fault Line Cake e Wave.

Além de ser delicioso os bolos também devem ser bonitos por fora e quanto mais personalidade tive na cobertura, mais especial será. É assim com o Fault Line Cake uma técnica de decoração que começou a ser tendência, ano passado e ainda segue entre os preferidos na confeitaria.

Pedro Ernani Coelho, confeiteiro e proprietário da Chocolaccio que tem como carro chefe brownies e também os criativos bolos, explica que o Fault Line Cake ou Bolo Linha de Falha exige um pouco mais de habilidade. Já o Wave Cake é um bolo de técnica simples que traz um efeito lindo ao preparo final.

Wave Cake

“O Fault Line Cake exige um pouco mais de destreza, mas ainda assim não tem muito mistério na técnica e ele também permite que essa “Linha de Falha” possa ser o que o cliente quiser. O Wave Cake serve para diversas ocasiões quando brinco com as cores. É possível fazê-lo com texturas também e a partir disso o céu é o limite no quesito, criatividade”, acrescenta.

Mesmo não sendo algo de outro mundo, para preparar essas coberturas diferentes e personalizadas é necessário o uso de técnicas específicas.

“O Wave nada mais é do que passar a espátula lisa ou com textura em volta da base toda do bolo e ir subindo fazendo o movimento de ondas com a mão. Efeito lindo e técnica simples. Já para o Fault Line, é preciso um pouco mais de destreza. Primeiro um pouco de creme bem no meio do bolo fazendo toda a circunferência. Depois disso a espátula de textura. E para finalizar, um pouco de creme em cima e embaixo (aplicado com a manga de confeitar), cobrindo um pouco que foi feito no centro e a espátula para alisar, sem tirar o creme, somente alisar”, explica o confeiteiro.

O Fault Line Cake pode ser finalizado com algum trabalho de bico de confeitar que dê um detalhe a mais no bolo, confeitos bonitos ou ainda pó de decoração dourado pra deixar ainda mais elegante.

“Meus clientes, em sua maioria, me dão carta branca na hora da decoração e eu amo isso porque na hora que recebem o bolo e veem os fiz, ficam encantados com os efeitos que essas decorações trazem aos bolos”, pontua Ernani.

Confeiteiro Pedro Ernani

A cobertura perfeita

Para quem ficou com água na boca, não é especialista, mas gostaria de comer um bolo com uma cobertura simples e saborosa, Pedro Ernani compartilha uma receita que vai deixar a finalização com um toque profissional.

“Uma cobertura simples e que gosto muito de utilizar é o chantilly. É rápido, é gostoso, é prático e fica pronto em menos de cinco minutos”.

Cobertura de chantilly

Ingredientes:

150 gramas de chocolate meio amargo

200 gramas de creme de leite

Opcionais:

80g de castanha do Pará (ou qualquer outra oleaginosa como: avelãs, nozes, pistache etc);

60 ml de qualquer licor de sua preferência

60 ml de whisky

Modo de Preparo:

Leve o chocolate ao microondas, de 30 em 30 segundos – para não correr o risco de queimar-, até que esteja completamente derretido.

Acrescente o creme de leite e misture até ficar homogêneo.

Depois disso é hora de acrescentar qualquer um dos opcionais escolhido e se deliciar!

 

Carregando