Conheça a história da pizza

Conheça as curiosidades sobre a história da pizza

Ela surgiu no Brasil ela surgiu em 1985 durante um concurso e estamos entre os países que mais consomem essa delícia

Vai pedir uma hoje?

Quem nunca provou uma fatia de pizza que atire a primeira pedra. Seja o sabor que for, ela sempre é a escolhida para aqueles encontros especiais com a família e amigos. Hoje, 10 de julho, por coincidência ou não, uma sexta-feira, comemora-se mundialmente o Dia da Pizza.

Leia também:

Quer aproveitar o Dia da Pizza? Cinco opções com promoções em São Luís

A sua história é comentada com várias origens, para alguns, surgiu no Egito, citada por historiadores como o primeiro povo a misturar farinha com água. Para os estudiosos, o “embrião”, da pizza data de aproximadamente o ano 3.000 antes de Cristo, quando um disco de massa bem fininho, denominado “Pão de Abrahão” e bem parecido ao pão sírio, era consumido por hebreus e egípcios. Já outros, afirmam que os primeiros foram os gregos, que faziam massas à base de farinha de trigo, arroz ou grão-de-bico e as assavam em tijolos quentes.

Leia também:

Pizza de liquidificador? Saiba como preparar gastando pouco

10 sabores estranhos de pizza que só brasileiros poderiam ter inventado

O importante esse prato que super requisitado no Brasil, (porque ainda tem os que comentam que chegou aqui primeiro), aterrissou na Etrúria, na Itália e gerou um grande sucesso, e foi daí que ele começou a se mais popular em todo o mundo, mas claro, tem a cereja especial do bolo, quer dizer, tem o tomate especial para incrementar essa pizza, pois antes o disco era feito somente com ervas regionais e o azeite de oliva, que era bem comum na região do Egito.

Como fica o Brasil na história?

Vamos lá! Por aqui, já foi recente, sendo mais exato em 1985 quando se realizou um famoso concurso de pizza que escolheria as dez melhores, e detalhe: o festival terminou no dia 10 de julho.

Calzone, o irmão mais velho da pizza

Agora vale lembrar, só para um item que vai no título desta matéria, a pizza não tinha sua forma como conhecemos hoje, redonda como todos bem conhecem, ela era dobrada ao meio, feito um sanduíche ou um calzone. Aos poucos foi evoluindo até que, no século 19, se tornou o que é hoje. Isso aconteceu em 1889, quando Raffaele Esposito, por vezes aportuguesado como Espósito, criou algum dos mais famosos sabores de pizza dos tempos atuais.

O “Pai da Pizza”

A sua história é impressionante. Ele trabalhava na corte real italiana, tendo servido ao rei Umberto I e a sua mulher, a rainha Margarida (Margherita em italiano). Foi homenageando a rainha que surgiu a pizza “margherita”, feita com tomate, mussarela e manjericão como manda a receita original.

Só por curiosidade

Voltando alguns séculos, na bacia do Mediterrâneo, a pizza era um prato muito pobre feito com banha, queijo e manjericão (às vezes com resíduos de peixe) comuns em todas as regiões. Provavelmente não faria muito sucesso nos dias de hoje se receita não tivesse um evolução, certo? Mas, isso foi até 1830, a pizza era vendida exclusivamente em bancas de rua e por vendedores de rua, foi então que chegaram as pizzarias. A antiga pizzaria Port’Alba em Nápoles é considerada a mais antiga pizzaria italiana ainda existente hoje.

Gostou? Compartilhe o nosso conteúdo com os amigos. 

Carregando