CORONAVÍRUS

Pandemia do novo coronavírus mudará a forma como nos relacionamos com a comida

Um novo modelo começa a ser criado durante à pandemia para no futuro ser colocado em prática. Os restaurantes vão reabrir, mas de uma forma diferente e o gosto do consumidor também será outro

Para muitos falar sobre pandemia de Covid-19 é sinônimo de pânico ou alarmismo. A menor menção da doença, que já vitimou mais de 200 mil pessoas em todo globo, pulam na cabeça expressões como quebra da economia, sistemas de saúde e isolamento social. Mas a verdade é que o novo coronavírus pode mudar algo ainda mais elementar no que nos define como sociedade: a forma como produzimos e consumimos os alimentos.

Da incerta origem do vírus até a lotação dos supermercados, o colapso econômico dos restaurantes e o isolamento social em si—que tem nos obrigado a retomar o controle do fogão– o novo coronavírus mostra sua capacidade de mudar a forma como pensamos sobre o que está chegando aos nossos estômagos.

Os restaurantes estão se adaptando primeiro para vencer à crise econômica e segundo, mudando o seu menu. Dos mais tradicionais aos mais simples, todos estão no mesmo patamar e com uma única possibilidade de venda: o delivery.

Desta-se mais quem usa uma famosa expressão no marketing, o famoso “overdelivery”, que significa ofertar mais que o contratado, ou seja, surpreender o cliente. Vai ser esse mesmo cliente que voltará ao espaço quando reabrir suas portas.

Não se pode abrir mão daqueles que estão criando maneiras também para o combate ao coronavírus. Todas as atitudes serão bem analisadas e o mercado pós-pandemia com toda certeza será outro.

Carregando