Alimentação Infantil

Como elaborar uma lancheira saudável para as crianças

Na volta às aulas, nutricionista indica o que não deve faltar nos lanches da escola

Crianças em idade escolar estão em pleno desenvolvimento; em todos os sentidos, inclusive físico e intelectual. É como uma grande máquina que, pra funcionar, precisa de combustível, energia! E pra que toda a engrenagem funcione a todo vapor, é preciso alimentá-la da forma correta.

A nutricionista Nágila Gomes explica que entre os 3 e os 12 anos as crianças possuem características alimentares e necessidades nutricionais específicas tanto de macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) quanto de micronutrientes (minerais e vitaminas). “Estas necessidades são supridas através de uma alimentação que seja a mais variada possível, bem colorida, com carnes magras, peixes, fontes de cálcio (como leite), e vitaminas presentes nas verduras, legumes e frutas; além de hidratação com muita água natural”, acrescenta.

Veja abaixo a composição ideal de lanche escolar, de acordo com a nutricionista:

Composição de lanche ideal (Foto: Reprodução)

Boas escolhas

Nágila Gomes indica algumas opções para compor essa equação e montar um lanchinho saudável:

“O mais indicado é que os alimentos sejam naturais e fresquinhos, e que os carboidratos que darão energia para as crianças sejam caseiros e assados, a exemplo dos pasteis e biscoitos. As bebidas, devem ser adoçadas apenas quando necessário, com o mínimo de açúcar, e este, o menos refinado possível”, orienta a nutricionista.

É bem assim que funciona na casa da Catarina, de 4 anos. A mamãe Ana Carolina Espíndola é bastante cuidadosa com a alimentação da filha, tanto na escola quando em casa. Para garantir a variedade no lanche da escola, Ana Carolina optou por contratar um serviço de entrega de lanche no colégio. O cardápio é elaborado por nutricionistas e as receitas seguem as práticas mais naturais. “Decidi contratar o serviço primeiro porque o lanche é 100% saudável. Segundo, pela variedade, porque jamais eu conseguiria montar um cardápio desse bem variado durante toda a semana. E, terceiro, pela praticidade”, revela.

Os lanches da pequena Catarina são variados e saudáveis (Foto: Reprodução)

Para ajudar os pais a elaborar uma lancheira mais saudável, a nutricionista Regislaine Fernandes, sócia da Nature Kids, empresa especializada no fornecimento de lanches escolares, sugere três receitas práticas.

1. Sanduíche natural de atum

Ingredientes

– Pão de forma integral
– 1 latinha de atum
– 1 tomate picadinho
– ½ cenoura ralada
– 3 colheres (de sopa) cheias de requeijão
– 1 colher (de café) de orégano

Misture todos os ingredientes até formar uma pasta. Para rechear, use uma colher de sopa cheia para cada 2 fatias de pão. Envolva em filme plástico.

Esta receita rende dez sanduíches.

2. Chocolate 

 Ingredientes 

– 200 ml de leite líquido gelado ou mono
– 1 colher rasa de café de cacau
– 1 colher rasa de açúcar demerara

Misturar bem, e colocar na garrafinha térmica.

3. Saladinha de frutas

Ingredientes

–  3 ou mais frutas de sua preferência.

Higienizar as frutas selecionadas e os utensílios utilizados, incluindo a lancheira e as partes que a compõem. Picar as frutas em cubos e regar com suco natural de laranja ou limão. Salpicar chia sobre a saladinha.

Dicas da nutricionista

– Optar por frutas que sejam versáteis.
– Dê preferência às frutas da estação.
– Alguns alimentos podem ser preparados com antecedência e mantidos congelados para serem assados no dia consumo. É o caso de pasteis, biscoitos, pão de queijo, bolinhas de tapioca.
– Frutas sempre! Todos os dias!
– Ambiente e utensílios devem estar sempre limpos. As mãos, sempre lavadas; e alimentos in natura, higienizados. A manipulação inadequada coloca em risco a qualidades dos alimentos, podendo causar doenças. Tratando-se de crianças, a atenção deve ser redobrada!
– E o mais importante: muito amor no preparo!