MERCADO

Paris recebe seu primeiro restaurante nudista

O O’Naturel recebeu boas críticas da mídia e uma recepção entusiasmada da crescente comunidade naturista do país

O restaurante é localizado na pequena e residencial Rue Gravelle

Foi inaugurado em Paris, na última quinta-feira, 2 de novembro, o primeiro restaurante da cidade onde os clientes precisam tirar a roupa na chapelaria do lobby antes de serem levados a uma mesa. O O’Naturel recebeu boas críticas da mídia e uma recepção entusiasmada da crescente comunidade naturista do país.

“Há restaurantes tão caros que você pode ‘perder sua camisa’ na saída”, brincou o jornal francês “Le Parisien”, em sua avaliação. “No O’Naturel, é na chapelaria que os clientes devem deixar suas camisas [e todas as outras peças de roupa].” “Conhecidos por sua atitude casual perante a nudez, os franceses têm agora seu primeiro restaurante para comer ao natural”, disse o canal de televisão “RT News”.

Após uma discreta inauguração para membros da Associação Nudista de Paris, o O’Naturel, que acomoda cerca de 40 pessoas e oferece um jantar gourmet, teve sua inauguração pública oficial na sexta-feira, 3 de novembro.

Localizado na pequena e residencial Rue Gravelle, o local “passa despercebido”, segundo o “Le Parisien”. Além disso, tem uma janela coberta por cortina para desencorajar observadores curiosos e outra cortina “que previne que as pessoas consigam olhar o que há dentro quando alguém abre a porta”.

Os gêmeos de 42 anos Mike e Stephane Saada, gestores do O’Naturel, são os únicos além dos garçons e cozinheiros que podem, por razões de higiene, permanecer vestidos. Segundo eles, já há muitas reservas, que só são feitas online. O preço de uma refeição começa em cerca de €35 (US$ 40) e o restaurante abre apenas para o jantar, de terça a sábado.

Os irmãos dizem ser impossível saber se as reservas são feitas por nudistas praticantes, novatos ou curiosos. “Em todo caso, os comentários no site são muito positivos”, disseram ao jornal.

No ano passado, quando o nudista Bunyadi inaugurou em Londres e recebeu considerável atenção, foi reportado que os proprietários queriam replicar seu restaurante em Paris.

O O’Naturel não difere muito de uma nova área para nudistas, escondido em uma parte isolada do parque Bois de Vincennes, que foi declarada como área nudista em agosto, após a aprovação de uma proposta do Green Party.

“A criação de uma área no Bois de Vincennes onde o nudismo é autorizado é parte de nossa visão progressista para o uso dos espaços públicos parisienses”, disse ao “The Local” Penelope Komites, vice-prefeita responsável pelos parques da cidade.

Os franceses não são tímidos em relação a nudez. Associações nudistas estimam que cerca de 2,6 milhões de franceses praticam nudismo regularmente, e o país tem cerca de 460 áreas reservadas para turismo nudista, incluindo 155 locais de acampamento e 73 praias.

 

Veja também

Edições Impressas Confira nossas publicações Ver Mais
Mais Populares As mais visitadas do nosso site Ver Mais