DICA

Saiba qual a cerveja certa para cada alimento

A harmonização entre pratos e cervejas pode se dar por semelhança de elementos existentes na composição da cerveja e do prato

(Foto: Reprodução internet)

Você acredita que cerveja combina com qualquer refeição ou é daqueles que busca escolher a melhor cerveja para cada prato? Você sabia que a harmonização entre pratos e cervejas pode se dar por semelhança – elementos comuns de doçura, acidez, tostados, frutados, herbais – ou por contraste – componentes contrastantes, como doçura e amargor, acidez e doçura, refrescância e ardência?

Essas e outras curiosidades são explicadas por Ronaldo Morado no livro Larousse da cerveja (Editora Alaúde) que acaba de ser lançado. Na obra Morado escreveu um capítulo especial sobre harmonização no qual detalha as melhores combinações.

A cerveja certa para cada tipo de alimento

Cervejas x doces
O açúcar, por exemplo, ressalta a acidez da bebida. Bebidas servidas com comidas doces parecem mais ácidas e menos doces. Frutas e doces não vão bem com cervejas Lager padrão americano, mas são bem acompanhados, por exemplo, pelas Ale belgas fortes, pelas europeias ácidas e Ale belgas. É recomendado que o dulçor da cerveja seja suficiente para não ser mascarado pelo doce que a acompanha.

Cervejas x pratos salgados
O sal, ao contrário do doce, neutraliza a percepção de acidez; portanto, as bebidas parecem menos ácidas com comidas salgadas. A cerveja é uma bebida especialmente indicada para acompanhar molhos cremosos, pratos com presença marcante de ovo ou vinagrete e pratos apimentados.

Cerveja x gordura
A gordura requer bebidas mais encorpadas; quanto mais gordurosa for a comida, mais marcante deve ser o sabor da cerveja.

Outras dicas de harmonização
Deve-se buscar um equilíbrio de peso – pratos delicados com cervejas delicadas, pratos intensos com cervejas intensas-, de modo que a intensidade de um não anule o sabor do outro. Comidas cujo sabor permanece por muito tempo na boca requerem uma cerveja também marcante.
É interessante ainda, prestar atenção aos ingredientes. O tempero da receita é tão ou mais importante que o ingrediente principal. Ervas, especiarias, pimentas e outros aromáticos podem suavizar ou reforçar características da bebida e, às vezes, até produzir novos e surpreendentes sabores.

Dicas de harmonização

Cervejas x doces
O açúcar, por exemplo, ressalta a acidez da bebida. Bebidas servidas com comidas doces parecem mais ácidas e menos doces. Frutas e doces não vão bem com cervejas Lager padrão americano, mas são bem acompanhados, por exemplo, pelas Ale belgas fortes, pelas europeias ácidas e Ale belgas. É recomendado que o dulçor da cerveja seja suficiente para não ser mascarado pelo doce que a acompanha.

Cervejas x pratos salgados
O sal, ao contrário do doce, neutraliza a percepção de acidez; portanto, as bebidas parecem menos ácidas com comidas salgadas. A cerveja é uma bebida especialmente indicada para acompanhar molhos cremosos, pratos com presença marcante de ovo ou vinagrete e pratos apimentados.

Cerveja x gordura
A gordura requer bebidas mais encorpadas; quanto mais gordurosa for a comida, mais marcante deve ser o sabor da cerveja.

Outras
Deve-se buscar um equilíbrio de peso – pratos delicados com cervejas delicadas, pratos intensos com cervejas intensas-, de modo que a intensidade de um não anule o sabor do outro. Comidas cujo sabor permanece por muito tempo na boca requerem uma cerveja também marcante.
É interessante ainda, prestar atenção aos ingredientes. O tempero da receita é tão ou mais importante que o ingrediente principal. Ervas, especiarias, pimentas e outros aromáticos podem suavizar ou reforçar características da bebida e, às vezes, até produzir novos e surpreendentes sabores.

 

Veja também

Edições Impressas Confira nossas publicações Ver Mais
Mais Populares As mais visitadas do nosso site Ver Mais