NA TV

Michele vence quarta temporada do MasterChef

Catarinense conquistou o título de melhor cozinheira amadora e leva para casa o prêmio de R$ 200 mil

Michele Crispim venceu a quarta temporada do MasterChef Brasil (Foto: Carlos Reinis/Band)

Após conquistar o paladar dos jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin, Michele Crispim venceu a quarta temporada do MasterChef Brasil. Na final, a catarinense mostrou habilidade ao preparar um menu baseado com influências da gastronomia francesa.

De entrada, a participante serviu tutano assado com cogumelos ao pesto e crosta de panko. O prato principal foi um delicioso cupim com osso de pupunha ao molho jus, purê de alho-poró e crispy de raízes.
Para finalizar, a sobremesa servida foi um tartar tropical. A campeã levou para casa um prêmio de R$ 200 mil, uma bolsa de estudos na Le Cordon Bleu, em Paris, um ano de compras no cartão Carrefour no valor de mil reais por mês, um kit de produtos Tramontina e o sonhado troféu de MasterChef Brasil.

Relembre a trajetória da participante

Finalista, Michele Crispim foi capitã uma vez, teve quatro vitórias e também foi destaque positivo nas provas outras cinco vezes. Durante a competição, quase foi eliminada três vezes.

Michele conquistou seu avental com uma estratégia arriscada. Preparou um petit gateau de doce de leite com calda de frutas vermelhas para o chef Erick Jacquin. Deu certo e logo chamou atenção pela sua semelhança física com Sabrina Kanai, participante da segunda temporada da atração.

Venceu um duelo de culinárias internacionais e carimbou o passaporte para a cozinha mais famosa do Brasil. Se destacou logo na primeira prova de eliminação, ao reproduzir um prato de cupim do chef Henrique Fogaça e adaptá-lo com os sabores do cupim feito por seu pai nos churrascos em casa.

Após uma sequência de resultados médios, voltou a se destacar na prova de pratos típicos de países da América do Sul. Apostou no óbvio e encantou os jurados. Percebeu que tinha chances de chegar à final do programa ao reproduzir um prato premiado de Paola Carosella, o nero di seppia com lagostins frescos, e ganhou mais confiança em si mesma.

Desde então, embalou em uma sequência de vitórias e bons desempenhos: preparou rã apesar do medo, cozinhou para empreendedores e surpreendeu a todos com uma terrine e um ragu de pato no repolho. Conquistou assim, a tão sonhada vaga na final.


Edições Impressas Confira nossas publicações Ver Mais
Mais Populares As mais visitadas do nosso site Ver Mais