VOCÊ GASTRÔ

Evento estimula criatividades de chefs. Veja receitas

A iniciativa, aconteceu de 3 a 8 de julho, na Praça de Alimentação do Shopping da Ilha e teve a ideia de fomentar a culinária local e impulsioná-la como um dos principais produtos turísticos

A ideia foi fomentar a culinária local e impulsioná-la como produto turístico (Foto: Karlos Geromy/ O Imparcial)

O cuxá, vinagreira, peixe-pedra, caranguejo, camarão, entre outros itens típicos da gastronomia maranhense, foram as estrelas da primeira Semana Gastronômica de Turismo. A iniciativa, que aconteceu de 3 a 8 de julho, na Praça de Alimentação do Shopping da Ilha, idealizada pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur), em parceria com a loja Camicado, teve a ideia de fomentar a culinária local e impulsioná-la como um dos principais produtos turísticos de São Luís. Os ingredientes, com a cara do Maranhão, foram usados na elaboração de pratos exclusivos para o festival, por chefs de cinco restaurantes de São Luís. As apresentações das receitas e modo de preparo aconteceram em oficinas, para 60 pessoas, que se inscreveram doando 1kg de alimento, que será destinado para a Fundação Antônio Brunno, casa de apoio às pessoas com câncer.

Viviane Carvalho é uma das idealizadoras do projeto, que a princípio deveria abordar outros tipos de cozinha, mas que, junto com a secretária de Turismo, formatou a ideia de destacar a culinária local. “Resolvemos casar as ideias. Eu indiquei os chefs, todos adoraram a proposta de recriar um prato da culinária maranhense. Começamos com essa primeira semana, mas devem vir várias outras, e o melhor é abrir para público, por uma causa nobre, que são as doações”.

O evento reuniu os seguintes profissionais: chef Felipe Marques, da Cozinha Guidô; Rafael Libério, da Ça-Vá Gastrobar; Danilo Dias, do Restaurante Feijão de Corda; Marcos Souza, do Belmont Gastrobar; e Manoel Pereira, da Pão e Leite. Todos foram responsáveis por criar os pratos exclusivos para o evento.

“A nossa ideia é pensarmos a culinária em todos os sentidos e níveis. É interessante que você use cuxá, camarão, macaxeira e vários produtos que a gente tem e que a juventude e turistas possam degustar. Temos que recriar, buscar a criatividade de inovar, porque a tradição e a modernidade estão juntas”, acrescenta a secretária municipal de Turismo, Socorro Araújo.

Criatividade na cozinha

Deca & Diquinha por Felipe Marques

Deca & Diquinha por Felipe Marques

O chef Felipe Marques elaborou um prato que leva o nome de Deca & Diquinha. Um nhoque de vinagreira com pó da casca do camarão, vatapá de caranguejo e patas empanadas com panko. O nome do prato é uma homenagem do chef, que aliou aos sabor memórias afetivas. “Deca é o nome da dona de um bar no Olho d’Água, onde eu passei a infância toda frequentando com a minha família. Ela sempre serviu pratos com frutos do mar e até hoje vamos lá, comer caranguejo e peixe. A Diquinha é uma cozinheira famosa, que faz cuxá e que mora no bairro Diamante”, acrescenta o chef Felipe Marques.

O prato é exclusivo do evento, mas foi um estímulo à criatividade e à possibilidade de proporcionar uma degustação diferente e nova. “Eu achei uma oportunidade gigantesca da gente mostrar o quanto tem trabalhos novos na cidade e o quanto a gente pode estar dando uma cara diferenciada para a nossa culinária local. O prato elaborado para esse evento foi exclusivo. Eu tentei buscar algumas releituras de coisas que eu já tinha comido e pratos típicos para construir a preparação e foi um sucesso, todos gostaram.”

Peixe-Pedra da Praia por Rafael Libério

Peixe-Pedra da Praia por Rafael Libério

O chef Rafael Libério apresentou uma interessante releitura do tradicional peixe-pedra. O “Peixe-Pedra da Praia” leva filé de peixe-pedra salteado no azeite de babaçu, farofa de coco babaçu, vinagrete de vinagreira e pesto de Juçara.

“Precisamos atrair o turista pra cá de todas as formas possíveis. E a gastronomia maranhense, enveredada para o contemporâneo, tem um potencial gigantesco. Nós temos, sem sombra de dúvidas, o melhor camarão do Brasil e o melhor caranguejo também, visto que poucos lugares no mundo tem o mangue como berçário e fonte de alimentação dessas espécies”, pontuou Rafael.

Peixe-Pedra da Praia

Ingredientes:

1und peixe-pedra
1und tomate-cajá
1und cebola roxa
1und cheiro-verde
1und flor de vinagreira
1 maço vinagreira
100g farinha de coco babaçu
1l de Juçara concentrada
Azeite de oliva a gosto
Azeite de babaçu a gosto
Vinagre de maçã a gosto
Açúcar mascavo a gosto
Sal a gosto
Pimenta-do-reino a gosto
100g queijo parmesão

Modo de preparo

Peixe

Coloque o azeite de babaçu em uma frigideira funda e espere esquentar. Tempere o filé de peixe-pedra com sal e pimenta-do-reino moída na hora. Coloque o peixe na frigideira com o couro para baixo. Deixe fritar por quatro minutos de cada lado, ou até estar bem dourado.

Farofa

Leve a farinha d’água para a panela e espere até ela ficar bem quente. Em seguida, acrescente azeite de babaçu à vontade e finalize com uma pitada de sal.

Pesto

Coloque a juçara, castanha e parmesão pra bater em mixer ou liquidificador, até que a mistura vire um creme grosso e homogêneo. Acrescente azeite aos poucos até chegar a uma textura aveludada.

Vinagrete

Pique a vinagreira e a flor. Corte o tomate em pequenos cubos e retire as sementes. Faça fatias finas de cebola. Misture tudo e os tempere com azeite, vinagre de maçã, sal, pimenta-do-reino moída na hora e açúcar mascavo.

Moqueca Maranhense por Danilo Dias

Moqueca Maranhense por Danilo Dias

Prato bem tradicional e cheio de sabores, a “Moqueca Maranhense”, elaborada pelo chef Danilo Dias, é uma mistura de ingredientes que se harmonizam bem. A receita já está disponibilizada no Restaurante Feijão de Corda. Os ingredientes principais são: o filé de pescada-amarela, patinha de caranguejo e camarão.
“A iniciativa do projeto me trás muito orgulho, pois, como gastrônomo, precisamos ter projetos como esse, para destacar as riquezas da gastronomia do nosso estado. A moqueca é composta de três proteínas, que se encontram na maioria dos nossos pratos típicos”, acrescenta o chef Danilo.

 

Hambúrguer sabores do Maranhão por Manoel Pereira

Hambúrguer sabores do Maranhão por Manoel Pereira

Seguindo a tendência dos hambúrgueres, o chef Manoel Pereira elaborou uma interessante receita de “Hambúrguer sabores do Maranhão”, com camarão, molho de leite de coco e vinagreira. Como todos os pratos apresentados, este também leva ingredientes maranhenses apresentados com uma releitura contemporânea. “O evento está nos dando a oportunidade de mostrar nossa criatividade com insumos regionais e também para divulgar nosso trabalho, que, pra mim, não se trata apenas de uma profissão, mas sim de uma arte, pois cozinhar é uma arte que envolve paixão e compromisso com o fazemos”, acrescenta o chef Manoel Pereira.

“Camarão João do Vale” por Marcos Souza

“Camarão João do Vale” por Marcos Souza

A receita elaborada pelo cozinheiro Marcos Souza é uma releitura da bem conhecida moranga com camarão. O nome “Camarão João do Vale” é uma homenagem ao cantor maranhense. A preparação leva camarões secos na manteiga de garrafa, salteado com cebola roxa encorpado com queijos finos, montado dentro do coco verde. Como acompanhamento, têm purê de macaxeira, carne de coco verde, fatias de provolone, finalizado com camarões brancos flambados na cachaça.
O chef alagoano, como os demais chefs, aprovou a iniciativa e oportunidade de se usar a criatividade com ingredientes locais. “Eu acredito que é uma das melhores ações, relacionadas a gastronomia que já aconteceu em São Luís, pois visa uma releitura da gastronomia maranhense, motivando novos empresários e profissionais de cozinha a voltar olhares apaixonados pela gastronomia e para o Maranhão terra riquíssima em insumos” .

Camarão João do Vale

Ingredientes:

300g camarão barba rocha
100g queijo muçarela
100g queijo coalho
150g queijo provolone
2und repolho roxo
2und coco verde
1l leite liquido
1und Tomate
1und Cebola
1und Cheiro verde a gosto
2kg de macaxeira
Sal a gosto
Azeite a gosto
½ copo de cachaça
Manteiga de gado
Água

Modo de preparo:

Camarão

Pegue o coco verde e retire a água e a carne, reserve. Em uma frigideira, ponha manteiga de gado e coloque os camarões secos, adicione os queijos provolone, mussarela e uma parte de coalho ralado. Misture até derreter e ficar em uma consistência grudenta, adicione a cachaça para flambar.

Purê de macaxeira

Cozinhe a macaxeira com água e manteiga de gado. Após cozida, retire os talos e ponha porções pequenas no liquidificador, adicione a outra parte do queijo coalho e água de coco. Misture bem até atingir a textura de creme.
Monte tudo em camadas dentro do coco, finalize com camarões frescos sem casca flambados também na cachaça.
Para fechar o coco, faça uma renda de parmesão e decore com folhas de repolho roxo .

 

 

Veja também

Edições Impressas Confira nossas publicações Ver Mais
Mais Populares As mais visitadas do nosso site Ver Mais