VALORIZAÇÃO

Cultura e gastronomia na Fonte do Ribeirão

Para enriquecer ainda mais o tradicional “Samba na Fonte” as noites no local estão sendo alimentadas com som e hambúrgueres artesanais

O músico Philippe Mendonça Isarael e o empresário Juliam Rocha (Foto: Karlos Geromy/ O Imparcial)

O itinerante Burgernight, há alguns meses fixou parada na Fonte do Ribeirão, no Centro Histórico de São Luís. A marca é conhecida pelos hambúrgueres artesanais com poucos ingredientes, molhos marcantes e preços atrativos.

A ideia surgiu em novembro, com um evento que reuniu no mesmo local, samba, arte hambúrguer e cerveja artesanal.  Desde então o ponto turístico, foi escolhido pelo empresário Juliam Rocha, para mais edições sempre as quintas-feiras e que teve inicio em janeiro e segue com uma mistura diversificada, para todos os públicos.

“Após o evento, eu decidi que tinha que abrir um negócio na Fonte do Ribeirão, porque esse lugar é fenomenal e ai veio a ideia de agregar primeiramente ao samba e deu muito certo. Daí,  evoluímos o projeto e compramos uma casa maior, que se transformou no Burgernight fixo, começando as quintas-feiras com o samba  e em alguns sábados e domingos, promovendo eventos culturais”, acrescenta Juliam Rocha.

Burgernight

Nesse primeiro semestre, o hambúrguer de 100g sempre servido as quintas-feiras era vendido por R$ 10, com um tamanho e preço especial para o dia, para atrair o público de diferentes pontos da cidade e mostrar que para comer bem, não é preciso pagar caro. O sanduíche com preço especial foi extinto, dando lugar a outras variedades, que são servidas ao longo da semana.

As sugestões são de hambúrguer 160g, com  pão artesanal ou alga, blend de carne ou costela, muçarela e pasta artesanal. O cliente ainda pode escolher um ingrediente para compor o prato, que varia entre  geleia de pimenta, pasta de bacuri picante e pasta de azeitona, os valores variam de R$ 15 a R$20. Já os especiais com cordeiro, caranguejo, bacalhau, que são oferecidos ocasionalmente, custam R$ 25.

O espaço na parte interna  é pequeno, ideal para a montagem dos hambúrgueres e com poucas mesas, a maioria delas ficam na área externa, para que as pessoas se sintam convidadas a ficar do lado de fora usufruindo do ponto turístico.

“O nosso principal objetivo é que a pessoa se sinta bem na Fonte do Ribeirão. Fique do lado de fora e que não se sintam dentro de uma hamburgueria, mas em um lugar livre, comendo um bom hambúrguer e ouvindo boa musica”.

Além de tentar tirar a imagem de uma região violenta, a intenção é também valorizar os artistas da cidade. O projeto recebe sem custo quem quer fazer música no espaço, expor artesanato, fotografias, basta somente entrar em contar com a hamburgueria que dar apoio e faz a integração com a música e gastronomia. “A intenção é trazer para cá bandas, cantores maranhenses, assim como artesanato, fotografia e a arte em geral. A ideia é unir tudo isso em um lugar como a Fonte do Ribeirão”, conclui o empresário.

O loca funciona de terça a sábado das 18h às 23h e no domingo das 16h às 22h.

Samba na Fonte

O projeto surgiu em 2001, criado pelo músico e produtor cultural Philippe Mendonça Isarael, o Carirú,  morador da região central de São Luís, que conhece o ponto turístico desde a infância e viu com o passar dos anos, o local sendo aos poucos esquecido. “Antigamente aqui era um banheiro de mendigos e começamos a protestar para ter segurança. Começamos a limpar a fonte, junto com músicos, moradores, produtores culturais e deu certo, porque as pessoas começaram a vim de outros lugares. Elas perceberam que o Centro não é aquele lugar perigoso e hoje o projeto está consolidado e temos essa parceria com Burgernight, que  agregou e a galera apoia hoje em dia o “Samba na Fonte””, explica Philippe Isarael.

Os músicos participam do projeto de graça, o que ganham é recolhido durante a passagem de chapéu,  para o público que está no espaço.

 

Veja também

Edições Impressas Confira nossas publicações Ver Mais
Mais Populares As mais visitadas do nosso site Ver Mais